quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Religião. Do grego θρησκεία, do inglês religion...

Oi, meu nome é Pedro. Eu sou ateu. Fui criado por um pai e uma mãe, ambos criados "catolicamente". Minha mãe num convento, meu pai no interior do Rio. Engana-se quem pensa que eu fui criado pelo capeta. Minha mãe lia a bíblia toda noite pra família e me dizia que papai do céu tava olhando por mim. Por que minha mãe me criou assim? E como eu virei ateu?

Bom, minha mãe nunca acreditou em Deus, nem no convento. E nem conseguia acreditar que alguém acreditava de verdade. Ao longo de sua vida percebeu que religião era uma arma de controle populacional muito bom. Toda a história do povo temer a Deus, uau, senacional. Então resolveu fazer isso com os pestinhas que ela tinha parido. A princípio até que funcionou, mas seus filhos não eram assim tão inocentes. Falavam de Deus, papai noel e coelhinho da páscoa pra mim. Se pelo menos dois desses eu descobri que era mentira, o terceiro foi junto, claro.

Depois disso os serões da bíblia ficaram muito mais divertidos. Pois é, a gente ficava rindo dos absurdos que tinham naquele livro! Adão e Eva? Tenha dó! Sem dúvida o nosso preferido era a história de Jó. Pegar alguém e massacrar daquele modo só para ver se ele era fiel de verdade!

Com 10 anos eu vi de perto a paranóia de uns amigos de tentar me convencer da existência de Deus. Não era muito complicado já que os argumentos deles eram do nível de "quem criou as árvores?". Ria-me e perguntava como ele sabia que tinha sido Deus, e eles piravam só com essa resposta. A cabeça deles não podia lidar com o fato de não existir Deus, afinal foram criados assim.
Com o passar dos anos as brigas ficaram mais até interessantes, e isso foi um pouco antes deles começarem a me discriminar. "Sai daqui, seu ateu" virou uma frase comum pra mim. Continuavam meus amigos, mas quando não tinham argumentos pra qualquer discussão, essa era a resposta. Aprendi lidar com isso, fingia que eles eram um rebalho, onde seu pastor era um velho cego.

Passada essa fase da minha vida, eu entrava em outra: ensino médio. Lá deparei com uma babilônia de religiões. Mas era muito tranquilo porque ninguém ligava muito pro que o outro acreditava, tinham a acabeça mas aberta. Lá podíamos conversar sobre religião como pessoas civilizadas e isso mudou minha opinião sobre alguns aspectos. Eu já não achava que era um controle populacional (em alguns casos, é sim), e sim uma desesperada forma de aliviar a dor da morte e dessa devoradora curiosidade de saber o que tem depois dela.

Nunca liguei pro que as pessoas pensavam sobre isso, cada um tem a opinião e o direito de acreditar ou não em qualquer coisa. O que me revolta mesmo, o que me deixa irado (e não só a mim) são os safados que se aproveitam dessa necessidade humana de acreditar em algo e lucram com isso. Por trás de]aquela fachada bonitinha da Igreja Universal tem um pilantra montado em milhões de dólares, enquanto seus fiéis lhe entregam o suado trocado do pão.

Isso foi apenas um leve desabafo sobre coisas que estão na minha cabeça a 20 anos e que eu tinha a necessidade de soltar. Um possível capitulo da minha biografia.

segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Um domingo no maracanã



Debaixo da diversão de um dia num estádio descobri meu talento incontestável para promover eventos.


Contei cada segundo pra chegar minhas férias. Bem disse o dia em que ela finalmente veio. Mas como tudo é perfeito, comecei as férias com uma virose maligna que me arrastou até uns hospitais.

Venci.

Estava pronto pra aproveitar as férias, contava com minha criatividade pra isso.

No geral, me fudi.

Todos os meus planos infalíveis caíram por terra. Sempre se chocando com detalhes que os tornava impossíveis, e por isso, muito mais interessantes.

Repensei todas as coisas que tentei marcar, o resultado é sempre o mesmo, 40% dos envolvidos em cima da hora aparecem com uma desculpa fajuta, um problema grave, morrem, ou esquecem completamente do combinado. Outros 40% vão, mas sempre dizem que está indo obrigado e reclama, sempre acham do que reclamar, me deixando assim completamente envergonhado e desapontado. 10% ficam chateados por eu não os ter convidado e 10% ficam chateados por eu os ter convidado.

Isso, obviamente, quando minha tentativa passa da fase do “vamos marcar”, o que acontece uma vez a cada 53 tentativas.

Imagine você que meu talento é tão incrível que convidei um amigo botafoguense doente pra estar na maior comemoração rubro-negra do mês. Gafe?! Não, falta de talento mesmo.

Maior prova do meu carisma é que desde que minha mãe parou de promover festinhas com painéis e personagens da Disney eu tento antecipadamente marcar algum tipo de comemoração pro meu aniversário, e certamente nunca consigo atenção suficiente pra gerar uma discussão em torno de possíveis locais interessantes, as coisas acabam dando errado e os amigos mais chegados, por pena, acabam indo a um lugar que foi escolhido por acaso.

Mas a pulga sempre fica atrás da orelha. E todos sempre querem que eu apresente um plano pronto, perfeito e impossível.

Então, se é para o bem de alguns, e felicidade geral dos mesmos, diga ao povo que desisto. De novo. Ou não diga, não tem problema.






P.S.: Ter uma camisa com seu nome estampado nas costas pode te render supresas bem agradáveis, como pessoas desconhecidas gritarem seu nome. Como se faz com uma estrela do futebol.


P.S.2: Mesmo que achem perda de tempo, absurdo, perigoso, fedorento, impróprio para filhos e netos, estar no maracanã lotado é sim uma experiência interessantíssima e super agradável.


P.S.3: 12 X sem juros de 129,90 nas lojas americanas!

domingo, 27 de dezembro de 2009

Wanted: HQ x Filme

E depois daquela vez do cinema ainda vi "O Procurado" mais 3 vezes. Uma no computador, dublado. Outra na TV, dublado. E ontem de novo na TV, dessa vez legendado e provavelmente não vou cansar de ver tão cedo.

Não lembro se eu ou Geraldito já falamos disso em algum blog, mas o filme é sensacional. Mistura cenas de ação com comédia, um enredo bem bolado e uma trilha sonora do caralho. Soma-se a isso tudo a bunda nua da Angelina Jolie. Muito bom o filme em quaisquer termos.

Uma vez falaram que o filme não era bom porque o cara curvava balas, e isso tornava o filme mentiroso demais. Bem, pra você que viu "Duro de Matar 4.0", curvar balas é fichinha.

Mas o principal motivo que me fez postar sobre esse filme após, sei lá, 1 ano depois deu ter visto pela primeira vez, foi que eu conheci o HQ do filme. O HQ tem uma historia toma uma direção completamente oposta e cai no velho clichê americano.

Mostra lá o Wesley Gibson, loiro devo dizer, todo fudido naquele trabalho (a chefe é mo negona!) e o melhor amigo come a namorada dele (que é morena). Depois mostra o pai dele em seu apartamento à noite dizendo que é fodão e que já comeu 5 mil mulheres enquanto gravava um pornô gay. Eu quis parar de ler na mesma hora, mas aí como alguém atirou nas duas bichas, resolvi continuar a ler. O bicha velha quebra a janela e mata 4 francos atiradores, deixando o quinto vivo pra fazer aquele discursinho americano. O cara diz que é só uma isca e o velhote toma um tiro na lata.

Depois dessa cena gay-violenta-americana um velhote branquelo, curvado e com cabelo do Bozo liga pro Wesley e conta toda a verdade pra ele, ou seja, que o pai era um assassino, que ele herdou 50 milhões (em vez dos pobres 3 milhões do filme). Pra ganhar o dinheiro ele tem que entrar pra Fraternidade e mandar todo mundo do trabalho se fuder. Ele cria bolas e faz o que lhe foi pedido e encontra a Fox lá fora (que é uma morena feinha de dar dó) e ela conta toda a história da Fraternidade.

Tear? 1000 anos? Esquece tudo isso! Em 1986 todos os super-vilões da época se organizaram e mataram todos os super-heróis (estes que você encontra nos quadrinhos atualmente) e dividiram o mundo em 5 partes, com 5 mega pica super-vilões que comandam o mundo. Os membros da Fraternidade andam com um broche típico, que os permitem matar, estuprar ou roubar qualquer coisa, sem que lhe aconteça nada. E favor não esquecer das roupas clássicas de super heroi/vilão americano!!

Resumindo toda a ridícula historia dos qadrinhos, os 5 grupos se dividem em 2 lados, onde um defende que a fraternidade deve continuar a controlar a humanidade desse modo que já estava, enquanto o outro defende que ees devem botar as caras pro mundo e matar geral. O Wesley e a Fox ficam do lado "do bem" e ao fim, sobram eles dois contra umas 300 pessoas com poderes nada modestos. Pra nossa "surpresa", eles ganham.

Você deve estar boquiaberto mas também feliz porque conheceu o filme antes do HQ, né? Mas espere! Tem mais! Quando ele termina de matar todo mundo, o pai dele aparece e diz que só fingiu que morreu!!! Aí ele volta a comer a Fox (mesmo a Fox dando pro Wesley durante esse tempo) e mencionam que a Fraternidade vai voltar.

Tão ridículo que chega a dar raiva.

domingo, 13 de dezembro de 2009

Pelos Caminhos de minha Vida

Daí que eu comecei a ler um livro. Autor antigo, da época da 2º guerra mundial e a história também.

O conto era sobre um jovem escocês de cabelos ruivos que cursva medicina em uma pouco tradicional faculdade de medicina em Glascow. O cara se forma com louvor, embora fosse tão fudido que mal podia pagar o aluguel. Se virou um empreguinho miserável, que dadas as condições, era, como se diz, um emprego do caralho.

Após se formar ele arruma emprego em um navio transatlântico que transportava pessoas até a Índia. Descrevia um surto de rubéola a bordo e todas as suas dificuldades.

depois de anos seu instinto conduziu-o até o cargo de médico assistente em um vilarejo. O livro descreve vários casos que ele manda benzão, diagnóstico do cara é fodástico. Eu me animava cada vez mais com o livro e com os casos. Nem percebia-se a época da trama se não fosse os meios de transporte que ele relatava.

Após a morte do chefe dele, ele se casa e transfere-se para uma cidalela mal aprumada: uma cidade mineira. Logo no primeiro dia ele desce 500 metros numa mina pra amputar um mineiro, cuja perna tinha sido esmagada por um desmoronamento. E eram só coisas desse quilate que aconteciam lá.

Seu espiríto não sossegava em nenhuma lugar, então tratou de juntar suas economias e correr para Londres, onde arrumou ume escritório e começou a prosperar assustadoramente. Atendia famosos e pessoas podres de ricas. Por decisão do destino, paralelamente atendia uns fudidos de uma bairro pobre, por ajuda a uma madre de uma Igreja que lá havia.

Quando se encontrava no auge da sua carreira em termos financeiros e influência social, ele descobre uma doença e resolve se mudar para o campo. Para sua família, ele diz apenas que quer se afastar do tumulto e fazer algo que sempre quis: escrever.

Após turbulentos conflitos mentais, ele termina sem livro e, descrente, envia para uma editora. Depois de quase um mês, ele recebe a inesperada resposta da editora: seu livro era um sucesso e iam pagar um fortuna pelo livro. O cara fica podre de rico.

Nessa parte eu comecei a achar que o livro tinha ficado escroto. O cara foi médico de bordo num transatlântico que ia até a Índia, foi médico de vilarejo e cidadelas mineiras, tinha sido médico de famosos e pessoas de caráter internacional enquanto atendia gratuitamente nas "favelas" e ao fim ainda vira um escritor sinistro. Pensei "Ahhh, abusou demais!!!".

Aí o livro fica muito chato, o cara começa a ficar todo religioso e fica falando de Deus e suas graças divinas (isso durante a 2ª guerra mundial). Blargh.

Mas vale a pena de ler. Principalmente quando você vai logo ni iniciozinho, onde fala sobre o autor. Porque aí você descobre que, na verdade, é uma autobiografia.







Livro: Pelos caminhos de minha vida
Autor: Cronin

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

Review Crepusculo

Vi o filme da moda. Antes de ver meu irmão falou: "ah, vai ver esse filminho de adolescente mesmo?". Disse que sim, até porque eu queria ter lido o livro que o Arthur não me emprestou, não sei se por falta de interesse meu ou falta de disponibilidade do livro. Enfim, foda-se. Consegui achar na internet e baixei o filme e na primeira oportunidade, resolvi assistir, ou seja, 5 dias depois.

No início é um pouco difícil entender as personagens, porque em um livro costuma-se descrever um pouco da personalidade e os pensamentos que brotam em suas mentes, e vendo o filme você tem que ir presumindo até capturar a essência dos mesmos, mas sendo um pouco safo você pega as coisas facilmente.

As personagens têm as característica dos principais casais em típicos filmes de romance bem nhé nhé nhé, mas rodeado de pessoas normais, que ajuda a situar o tempo/espaço do filme (se o casal e jogasse em um filme mais antigo, beleza, ninguém percebia).

Embora todos saibamos que não cabem todos os detalhes do livro em um filme de 2 horas, creio que souberam separar os pricipais sem desapontar os leitores (digo isso baseado em nada porque, conforme disse, não li a droga do livro) e não deve ter deizado aquela sensação de "faltou algo" como no Harry Potter (ou "faltou tudo" como no quarto filme!)

Fato interessante é que até a menina dizer que eles estavam perdidamente apaixonados, você não odia confirmar nada porque até então nem um beijinho, nem nada. Sim, durante o filme todo rolou só dois e muito mixuriquinhas.

Malandros que são, deixaram uma brecha pro segundo filme/livro, tanto que aí está no cinema. Queria muito assistir, mas prefiro esperar um pouco e fazer download também. E estou ansioso, devo dizer.

De um modo geral, se amarrei [sic] no filme e daria uma nota 8, acima de "O Procurado"e ao lado de "X-Men - Origens"




p.s.: muito linda a atriz, apaixonei.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Profissões

Queria ser médico às vezes. Deve ser muito engraçado. Imagine a seguinte situação:

- Dotô, tô meio ruim, sabe?
- Ah, é, seu Pereira? E o que o senhor está sentindo?
- Ah, dor no corpo todo, cansaço...
- No corpo todo? Inclusive no cu?
- ... como assim dotô? Tô aqui todo fudido e o sinhô fica de brincadera?
- Seu Pereira... como médico eu preciso saber de tudo.
- Tá bom então... tô até com dor no cu dotô.
- HUAHUAHUAHAH que isso seu Pereira!!! Não sabia que o senhor era viado assim não. Mas enfim!.. toma aqui essa receita... tome o remédio três vezes ao dia...

Ou então...

- Por favor, Patrícia, tire a roupa.
- Mas eu nem disse o que eu tenho doutor!
- E o que você tem?
- Enxaqueca.
- Então tire a roupa.


Ou até mesmo...


- Você não tinha que trabalhar hoje, querido?
- Hhauhaua. Você me diverte mulher. esqueceu que eu me aposentei?
- Ué, pensei que você tava trabalahndo no Souza Aguiar ainda...
- Então!

sábado, 7 de novembro de 2009

Clique na imagem pra conseguir ler!!!

domingo, 18 de outubro de 2009

Foi pro caralho


Qualquer dia desses vou pra casa do caralho buscar tudo meu que foi pra lá. Como, por exemplo, boa parte da minha paciência. Ou meu tempo, que vira e mexe está por lá. Meu direito a um transporte decente também é uma das coisas que sinto falta.

Não faz muito tempo uma caneta minha foi pra lá, dela não sinto muita falta, mas há coisas que deveriam ficar por aqui, não entendo porque teimam em ir pra lá.

Pensando nisso lembrei de um simpático sujeito que em um momento de fúria me mandou visitar tal habitação. Obviamente não fui, na ocasião apenas minha compostura foi, eu mesmo fiquei. Porém agora, depois de pensar melhor acho que vou dar um pulinho nessa tal residência, pra tentar reaver algumas coisas que me fazem falta.

E se você quiser me ajudar poderia me fazer um grande favor e ir pra puta que pariu, mandei algumas pessoas pra lá e estou arrependido, se possível gostaria que fosse até lá e as chamasse de volta.


Grato.

domingo, 11 de outubro de 2009

Olá.

Vim tirar a poeira do blog.










Tirei =)

domingo, 20 de setembro de 2009

Vida de pombo

Tava aproveitando dia após bebedeira pra pensar sobre a vida, como me é de natural.

"Estou seguindo o caminho que eu queria, estou fazendo merda, tô acima ou abaixo da expectativa familiar"... depois vem a rotineira e absurda vontade de ganhar na mega sena, pois aquilo ia ser solução de tudo. Mesmo que não houvesse nada, resolveria tudo.

Até ai, perfeitamente comum e normal até que comecei a segundaa fase. Comecei a pensar na vida dos próximos, como seria e tal. De repente me indaguei sobre a vida do pombo. Não o animal. O OUTRO animal. O nosso amiguinho de colégio, tao disturbado, tao mentiroso, tao carente.

Por trás das fabulosas e incrivelmente nao plausíveis histórias que ele nos contava, devia ser uam bosta de vida. Pra ter que inventar né?

Gostaria de saber como é. Só por curiosidade, ajudar talvez. Mas creio que se eu ajudasse ele ia acabar por ser um bebum. Depressivo e chato.

É... é melhor deixar ele pra lá.

Fla X Flu

.Caio diz:
Sabe oq seria bacana?
Lobo Mau diz:
Não
.Caio diz:
Se a cada vitória do flamengo eu ganhasse algum dinheiro.
Lobo Mau diz:
hauhauha
Ou a cada derrota do fluminense
.Caio diz:
N sou ganacioso.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Estamos fudidos

Senhores, venho aqui formalmente pra dizer que estamos fudidos.

Os animais viram a nossa evolução calados. Calados, porém meditantes.
A onça via que não adiataria mais correr atrás de nós, pois usamos carros.
O gorila viu que não podia mais nos bater, pois criamos armas de fogo.
O lobo viu que não podia mais soprar nossas casas, já que agora são feitas de concreto.

Viram que pra livrar a Terra desse parasita inventor filho da puta era necessário evoluirem.




Essa aberração da natureza é uma cobra com uma pata. Sim, uma pata composta de ossos e tudo. Uma senhora pata.


E isso é só o começo. Temo o dia em que vacas criarem asas e soltarem seus mísseis de coliformes. Estaremos preparados?

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Ta aí o relatório

Em cima da Hora

Na vida é importantíssimo que se tenha prazo, principalmente quando se trata da vida profissional ou acadêmica. Certo dia, lembrei que deveria entregar uma redação da faculdade, em uma matéria on-line. Como sou esquecido, resolvi fazer algo realmente incomum para minha pessoa, e fiz a redação no fim de semana anterior. Poupava, assim, a correria na véspera.
Não pude prever, no entanto, que esqueceria o dia da entrega, pois uma vez que já estava feito, eu desviei minha mente do assunto. Por sorte encontrei um amigo da faculdade e lembrei a tempo que deveria cumprir com a última etapa da minha obrigação. Aparentemente a situação estava sob controle, até eu perceber que a internet havia desconectado e a previsão de reparo era de até cinco horas.
Fui acometido de um leve desespero, pois deveria entregar a redação em três horas. Os estabelecimentos de internet já estavam fechados e meu colega mais próximo morava a uma hora e meia da minha casa. Por falta de opção melhor, liguei para ele contando meu problema e rumei para lá.
Esperando que nada mais viesse a dar errado comigo, peguei o único ônibus que me servia. Já perto da casa do meu amigo, o ônibus freou bruscamente e pude escutei uns ruídos não muito desconhecidos a nós, cariocas. O motorista não podia prosseguir devido a um tiroteio em um morro próximo. Os policiais cercavam a única rua que dava passagem e estávamos ilhados sem podermos nos mexer. Apesar do pânico que todos os passageiros e moradores se encontravam, conseguimos sair de lá com vida, mas não pude chegar a tempo para enviar o trabalho.
A lição que eu levo disso tudo é a mesma que eu achei que havia aprendido. Nunca deixar para fazer tudo em cima da hora e se certificar que fez realmente tudo, pois quando se trata de emprego ou estudo nada pode dar errado.

domingo, 13 de setembro de 2009

E o relatório?



Bob precisava entregar um relatório na segunda-feira, mas passou o fim de semana na esbórnia e obviamente esqueceu completamente do relatório. Eis que na fatídica segunda Bob é chamado à sala do chefe e a partir de agora será narrado o que se pode ouvir da mesa da secretaria.

- Bom dia, chefe!
- E o relatório?
- Ehr...
- E-o-re-la-to-rio?
- Bem...
- Mal! Vai começar a tentar me enrolar...
- Poso?
- Me enrolar??
- Não!! Me explicar, só te peço 10 minutinhos
- Tem 2
- Então...

“... Acho que a sinceridade deve sempre prevalecer e por isso vou dizer exatamente o que fiz nesse fim de semana que me fez esquecer completamente o relatório, eu meti o pé na jaca! Eu sei que prometi fazer o relatório, mas saindo daqui na sexta encontrei no elevador uma deusa em forma de demônio... Era fantástica,,,, e me deu mole

- HAHAHAHAHAHAHAHAAHA!
- É serio! Sei que parece mentira. Ela tava com um vestido vermelho, justinho... aí eu olhei e ela percebeu e perguntou: “quer provar?” Não deu pra segurar, fomos pro carro mesmo, depois pro AP dela em frente a praia, um que o pai deu pra ela “estudar”, mas acho que ela só faz a ultima silaba lá... hahaha! Pela sua expressão de choque imagino que deve estar pensando como pude ir saindo assim com uma piranha dessas, e era piranha mesmo, mas sabe como é... as vezes é bom... Nunca vou esquecer aquela tatuagem...
- Que-ta-tu-a-gem?
- Era uma flor no calcanhar, como ele ficou perto do meu rosto um tempo, pude reparar bem... o senhor me entende né?! Hhahahahaha... haha... há... ok, talvez não... O que o sr. Está procurando nessa gaveta??! Vai me demitir?! Se for eu entend mas... QUE ISSO???
- Uma 9mm e esta carregada!
- PRA QUE??? ERA SÒ UM RELATÓRIOO!!!
- Não! Não era! Era MINHA FILHA!!!


Após isso se ouviu apenas o som da arma sendo descarregada. A policia chegou minutos depois descobriu que a jovem havia visitado o pai o pai na ultima sexta, tinha esquecido drogas na sala dele e descobriu também um relatório pronto na mesa da vitima, feito por um colega que o deixou ali a fim de pagar uma divida de gratidão com o amigo, mas a vitima não teve tempo de encontra-lo pois ao chegar foi ao encontro dos outros narrar suas aventuras do fim de semana.





Moral da história, nunca deixe de pegar o troco do jornal, mesmo que seja só 10 centavos, isso pode salvar sua vida.








Bye Bob

domingo, 6 de setembro de 2009

Pombos malditos

Vestiu-se rapidamente com sua camisa amarela do Id bRain, enfiou uma bermuda xadrez azul e foi até a padaria correndo. Não podia perder tempo, tinha um paintball pra ir.
escolheu pães morenos para evitar chateações em casa, pagou e saiu andando rapido.

Veio distraidamente, prestando atenção nos carros, quando sentiu algo caindo em sua cabeça. Se encontrava embaixo de cabos elétricos. Sua mente não pode deixar de pensar o pior: um maldito pombo acabara de cagá-lo.

Passou a mão com certo nojo e surpreendeu-se por não encontrar algo branco. Tomou um tremendo susto ao ver sangue.

- Caralho, o pombo menstruou na minha cabeça!!

Freguês

Chega uma argentina numa marcearia no Rio de janeiro.

- Olá, freguesa. Outro chocolate? Pra já! Olha, só tem de 3 por 1....serve? Beleza. Volte sempre!

sexta-feira, 4 de setembro de 2009

Efeito Eduardo

Surgiu em uma obra no humaitá, Rio de Janeiro e tem se espalhado como um vírus: Efeito Eduardo.

Trata-se de uma síndrome que consiste em tornar as pessoas confusas quanto ao seu papel, seu propósito e sua realidade. Seja ele como pai, empregado, empregador, policial...

Presenciei algumas pessoas afetadas com essa doença. Poderia até dizer que vi o Ponto Zero, onde tudo começou.

"Uma parede jazia no chão. Um peão tentava cortá-la para distribuir suas instalações hidráulias quando de repente a parede caiu.
Reunimo-nos eu, o mestre de obras, um estagiário e o encarregado da alvenaria/revestimentos. Estávamos a olhar a parede caída e pensando todos em suas respectivas cabeças 'fudeu, vamos ter q demolir umas 15 paredes igual a essa'.
Até aí beleza. Sabíamos que poderia dar merda e tal. Mas a situação não poderia ficar por aí. Me vem a bosta dum encarregado de instalações, olha pra cara de todos, olha pra parede e dispara:

- A parede caiu.

Olhamos pra ele com uma cara de "Jura?! Nem vi, mané!". Como vocês podem prever, o nome da bestialidade humana era Eduardo.

Até então achei que fosse um caso pontual, mas percebi que o sintoma evoluia rapidamente em sua pessoa e em breve foi demitido.

Mas um vírus não dá uma gripe e some. Ele se espalha. Se espalha como areia no vento, como diarréia no vento.

Ontem fui acometido por outra pérola, desta vez pelo mestre (observem que ele estava presente no 1º ato!).
Nosso carísso prezado mestre pôs alguns funcionários de uma determinada empresa em um quartinho lá, para trocarem de roupas e etc.
Um dos referidos funcionários veio me comunicar que lá estava muito ruim, caía água dentro. Aproveitei que dito cujo passava perto de mim e disse:

- Aí, mestre tá caindo água no barraco deles.

Como ele ficou olhando com uma cara, digamos.... idiota, resolvi complementar:

- Bota um servente lá.

- Quer que eu tire a água?!

Sem saber como dizer "Óbvio, mula!" gentilmente eu confirmei lentamente com a cabeça.
Percebi pelo modo que ele saiu de lá que ele não faria. E o pior. Reconheci o maldito sintoma.

Controlei meus instinstos, devia ser engano meu!

Depois de dois dias chego em casa. Lucas e minha mãe discutindo. Novidade. Sento-me no sofá enquanto tento pescar o motivo da briga.

- Lucas, são 18h30!!! Você tem aula nesse instante!! Larga esse videogame e vai pra aula!!

- Já são 18h30??

- Jáaa!!!

- Porra a culpa é sua porque não me chamou!!


Óbvio que saí correndo de casa desesperado.
Estou escondido em uma pequena cidadela do interior esperando que o vírus não tome conta. Torço pra que um dia eu possa voltar.


04/09/09 Rio de Janeiro.




Mensagem enviada pelo meu blackberry.

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Ai Ai!





Ai ai ai ui ui ui ui

Sharapova tu me seduz! *.*'

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Palavras de um arquiteto

"Qualquer empresa que possa ser criada ou montada pode ser administrada por um engenheiro. Qualquer empresa que possa ser criada ou montada pode ser falida por um arquiteto.



Palavras de um arquiteto

domingo, 23 de agosto de 2009

Leo Geraldo diz:
*tu fede a cultura

      Pedrin diz:
*foi mal
*meu desodorante de besteiras venceu

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

promossão du dia

Capuchino ----- 1,00 R$

Promossão no REDESHOPPING


Não, obrigado.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Volta às aulas

De volta às aulas, desta vez em um degrau acima, comecei a busca pela minah sala de aula.

Minha grade dizia: TJA314.

- Beleza. Bloco A sala número 314. Vamos lá, uhul. 308, 310, 311, 311A, 312...cadê a porra da 314? Hum deve ser naquele corredor ali. 308 de novo? 310... 312.. 314. Achei.

Percebo uma certa conversa em sala de aula que não é muito comum em sala de calouros mas dexei pra lá imaginango que seriam repetentes. A professora começa a se apresentar, diz que é pernanbucana e complementa dizendo que já conhecia 70% da sala.

"Animais, repetiram quimica geral!".

E começa a aula. Uma linguagem bizarra se desenvolve nos lábios daquela que se diz a mestra. Percebo que estava na aula errada.

"Mas que porra... vou sair de fininho..."

Preso pelo gongo. Um cara larga um lista pra galera colocar e-mail, que também serviria de chamada. Pego a caneta, finjo que assino e passo adiante.

"Merda...agora vou deixar passar 5 minutinhos pra disfarçar e vou ralar..."

Daqui a pouco ela começa a aula pra valer (tinham se passado uns 20 minutos da minha aula já) e ela começa a perguntar coisas de semestre passado pro pessoal. Começou a se aproximar da minha pessoa e num súbito momento de lucidez escapei daquele inferno.

"Puta que me pariu! Onde fica a merda da minha sala?!"

Vi que várias pessoas se encontravam perdidas naquele inferno mal sinalizado que é a UVA, pedi informação (tosca, por sinal) e segui na direção dita.

"Hummm TJA314A...314A?! Ah deve ser essa porra mermo, não tem nada parecido por perto!"

Entro, sento no meio da sala, olho pro quadro e leio: "Fisica I"

"Ahhhhhhhhhhhh!!! Não acredito!! Puta quiu pariu, não vou levantar não!... Mas será que o professor de quimica já tá dando matéria? Eu sou um pedaço de merda em química... não era bom eu matar não... Vou levantar e..."

- Aí brother, toma a chamada.

"Caralhooo!!!"

Fingi que assinei novamente e me vi preso na aula. O professor era maneiro e a curiosidade de assistir àquela aula tava grande.

Só sei que assisti à aula toda e entendi 90% dela. O único momento de tensão foi no final quando o professor foi conferir a chamada. Torci pra que ele não contasse os e-mails e comparasse com as pessoas que tavam lá.

Mas daí em diante correu tudo bem e assisti à aula de CVGA com minha turma de origem e aturei aula de vetores até as 22h30.



"O que Deus não criou, o engenheiro civil constrói"

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Vocês estão todos errados

- Vamo no puteiro encher a cara! Aí a gente come pra cacete, olha pra bunda da mulher do Zé, tira uma onda com as grife que eu comprei na uru! Mas o bom mesmo é que as putas são baratas e nem é muito longe!

- Obvio que não! Você descreveu 6 pecados capitais e umas 3 ilegalidades!

- Ihhhh... pecado capital é o caralho!

- 7 agora...Ira!

- Porra cara, tá se guardando pra quê?

- Depois que tudo isso passar, eu vou pro céu e você não.

- Mas Deus ta aí lek... foi Ele que criou as putas!

- Ahn?!?

- É porra! Ele tem controle sobre o mundo, e se existe putas, é porque ele quis assim! O homem aproveita essas orgias com putas e guarda sua parte mais pura e inocente pra sua esposa!

- Faz sentido...

- Aí tu se guarda imaginando que Deus quis que fosse assim, aí quando tu chegar no céu ele vai tá lá: Bêbado e com duas gostosas do lado! Aí tu vai falar: "Mas Deus...!" e vai receber um "Por que tu não aproveitou?! Vai pro inferno pra largar de ser burro!"

- Você acaba de inventar o 8º pecado capital.

- Hurrul!

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Intromissões


Quem foi o primeiro intrometido da historia?

Não sei. Mas sei que ele lançou moda.

Podia ser lei passível de pena de prisão se intrometer de qualquer forma na vida ou conversa alheia.

Se duas pessoas estivessem conversando e você interrompesse, você seria um criminoso.

- ... eu quero uma bala daquelas que vendia na padaria do seu Zé...
- Mas cara, aquela bala era caseira, só ele tem a receita
- Mas é que ..
- Oi! Com licença, viu meu filho?
- Senhora, a senhora está presa. Algema a elementa Carlão...



Ou a fofoca, que nada mais é que uma intromissão com agravantes.

João diz para Pedro: “To com dor de dente”
Maria escuta e passa adiante: “João esta com câncer na boca.”

Esse tipo de crime seria o mais difícil de se combater, afinal é quase impossível saber quem começou uma fofoca...


Também não seria muito legal ver uma idosa de 89 anos indo em cana por fofoca, mas alguma coisa poderia ser feita. Pelo menos quanto ao primeiro tipo de intromissão.

Movimento diga não a intromissão, Bebida S/A apóia!

terça-feira, 28 de julho de 2009

Manual para ser aceito

1- Não tenha vontade, pelo manos não tenha uma vontade que não queiram que você tenha.

2- Não importa o quão importante sua mãe diga que você é, na verdade você não é.
2 a- Algumas pessoas realmente te acham importante, mas essas são as pessoas que não tem a mínima graça, portanto, desista.

3- Para saber o que pensar olhe ao redor, escolha quem é mais admirado e pense igual, não importa se você não concorda.
3 a- Se ao redor ninguém for admirado é porque nenhum deles pensa, pense qualquer coisa e será copiado e aclamado como importante. (Até outro pensar no que você pensa melhor quer você, neste caso comece do zero)

4- Tenha um bom circulo de amigos. (se o seu não for suficiente, compre mais)


5- Escolha algo diferente e tome como característica, lembrando que pouco importa se você gosta de tal característica ou não. É importante que escolha algo que não foi escolhido antes. (Se doer, for ridículo ou cruel é melhor).

6- Abaixe a cabeça pra obter atenção até que tenha atenção suficiente para que abaixem a cabeça pra ter sua atenção (caso isso demore pra acontecer venda sua mãe ou semelhante, isso adianta o processo).

7- Encolha o rabo para obter admiração, caso não funcione prenda o rabo de alguém e desfrute de sua admiração forçada.

8- Você não é melhor, mas precisa agir como tal. Puxa sacos não sobem na vida.
9- Não precisa saber de tudo um pouco nem um pouco de tudo, só precisa fingir que sabe uma coisa que ninguém sabe (Se tal coisa não existir é melhor).

10- Tenha muito dinheiro e ignore tudo que foi escrito acima.




Este trabalho é resultado de pesquisas feitas por todo o planeta de 2005 ao final de 2008, especialistas contratos pelo Bebida Senhor S/A analisaram as informação e criaram este curto passo a passo. E lembre-se, porque eu já me esqueci.

domingo, 26 de julho de 2009

Discussao eterna: Biblioteconomia x Engenharia Civil

Em uma tela de msn qualquer...


-`๑´- Rαι๋ssα diz:
*Teoria da Classificação

Pedro diz:
*ta me zuando
*tem teoria?

' -`๑´- Rαι๋ssα diz:
*Muitaaas
*Ranganathan é o pai
*rsrs

Pedro diz:
*sou mais slump test.


Pedro diz:
*posso fazer uma piada de mau gosto com seu curso?

' -`๑´- Rαι๋ssα diz:
*faz

Pedro diz:
*pra ter locadora de filme precisa de 3º grau tb? pq tem q arrumar igual biblioteca oO

' -`๑´- Rαι๋ssα diz:
*tudo q é organizado em uma estante é organizado da mesma forma?

Pedro diz:
*alfabeto taí pra isso

' -`๑´- Rαι๋ssα diz:
*hahahaha
*takiupariu

Pedro diz:
*egaeyaguyeague
*as pessoas só conhecem 3 ordens:
*numerica, alfabetica, e a da fenix.


Silêncio



Em outra tela de msn qualquer...

Pedro diz:
* caralho moskito...
*acho q ficou bolada
*tenho q mandar alguma coisa q me tire dessa



De volta à primeira tela de msn qualquer...

Pedro diz:
*apenas a humilde opniao de um leigo.

' -`๑´- Rαι๋ssα diz:
*hahahahaha
*ordem da fenix..
*que babaca
*KOAKAOAKAOKAOAKA


Pedro diz:
*consegui moskito!

domingo, 19 de julho de 2009

Memória [2]

Eis que ao criar o Alcool, Deus (ou a ciência, isso depende de você) resolveu, logo após ver a cagada que foi criar o tempo, colocar um mecanismo de arrependimento chamado ressaca.

Na falta de lugar melhor o cérebro recebeu mais essa incumbência. Ele que sofre as consequências. Cientificamente nossa memória é prejudicada com a bebida, o que é mais ou menos armazenar que alguma aconteceu e não armazenar como aconteceu. Isso na teoria, porque na pratica você não armazena nada.

O problema do cérebro é que ele é ficou sobrecarregado. O órgão que teria que se lembrar de pôr despertador pra de manhã (e ir pra algum churrasco por exemplo) é o que tá sendo afetado pelo álcool.

Agora quando você marca um churrasco pra domingo em uma quinta-feira, pergunta se no sábado você vai lembrar? E após confirmar no sábado e marcar o horário correto que estaria lá, pergunta se voce vai se lembrar de por despertador?

Claro que não! Você é um animal. O que não acontece com todos, alguns elementos são incapazes de lembrar o titulo desse post sem ir lá em cima olhar (Memória [2])
Enfim, num resumo claro e simples:


Foi mal, esqueci de pôr o despertador.


sábado, 18 de julho de 2009

Memória



Eis que ao criar o Homem, Deus (ou a ciência, isso depende de você) resolveu, logo após ver a cagada que foi criar o tempo, colocar um mecanismo de armazenamento de dados para que pudéssemos andar pelo tal tempo.

Na falta de lugar melhor o cérebro recebeu mais essa incumbência. Cientificamente nossa memória é dividida em declarativa e não declarativa, o que é mais ou menos armazenar que alguma aconteceu (declarativa) e no outro caso armazenar como aconteceu. Isso na teoria, porque na pratica é tudo muito mais simples.

Memória nada mais é que o poder de esquecer, ou não lembrar. Isso porque se não fosse por ela as cosias simplesmente não iam existir, mas depois que avisaram que temos memória tudo ficou ruim, por que tecnicamente deveríamos lembrar das coisas, o que é fantasioso: lembrar é o inútil esforço que fazemos pra que algo fique por mais tempo no esquecimento.

O problema do cérebro é que ele é inteligente e num ta nem aí pra porra nenhuma, só faz funcionar o que lhe convém. Tipo a memória de procedimento, aquela que guarda como FAZER as coisas, essa é útil, afinal sem falar não se come ou da muito mais trabalho conseguir alimento, sem andar de bicicleta não liberamos proteínas e substancias que deixam o cérebro “alegrinho”, o mesmo pra tocar um instrumento musical ou andar. E o coração? Não precisa lembrar que ele tem que bater, ou o pulmão que tem que respirar, tudo isso entra no modo automático. E porque? Por que é conveniente!

Agora quando você marca um churrasco pra domingo em uma quinta-feira, pergunta se no sábado você vai lembrar?

Claro que vai! Você é normal. O que não acontece com todos, alguns elementos são incapazes de lembrar o titulo desse post sem ir lá em cima olhar, e o pior é que estamos falando disso a porra do tempo todo!


Enfim, num resumo claro e simples:

“Memória de cu é rola!”
Palavra de um jovem alcoólatra, pós graduado em memória e seus defeitos pela faculdade federal do ACREdite se quiser

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Focus, people! Focus!

/>




Com todo esse escândalo de Barata Obama olhando pra bunda da jovem brasileira de 17 anos, vocês estão esquecendo do principal!!

1º Como a mulher do Obina, quer dizer.. Obama va ficar com isso?!

2º Os pais dessa menina?!? (ricos com certeza, quando ela posar nua)

3º A pintura!





domingo, 12 de julho de 2009

Um sabado qualquer

Descobri um blog muito legal nesse monótono domingo. Na verdade, descobriram pra mim.

Fala de Deus, fala merda (para alguns, pleonasmo) e obviamente muito comédia.

Seus personagens são Deus, Adão e Eva e seu cotidiano peculiar.


quinta-feira, 9 de julho de 2009

Adiós MJ!




Eu sou dos 8%, eu não esqueci. Ele comia criancinhas em Neverland.

Gênio na música e na dança, uma besta nas plásticas. Ou como diria Dinho Ovo Preto:
"Idade falsa com rosto adulterado"

E é claro, além dos julgamentos de pedofilia serem um espetáculo à parte, o seu velório foi a festa do ano. Fãs chorando, incrédulos indo a fim de ver seu corpo (finalmente 100% branco!), imprensa com esperança de que MJ se levantasse do caixão cantando Thriller e etc.

Mas sacanagem mesmo foi ter posto uma crincinah de 5 anos pra falar no meio daquela galera sobre a morte do pai. Puta sacanagem do avô explorador filho da puta.

Ouvi dizer que os seus bens serão administrados pelos advogados do cantor. A minha única dúvida é o valor que eles deram pro juiz pra conseguir essa mamata.





p.s: Só tenho pena dos pobres cupidos! Cuidado, não durmam na nuvem dele! Ele não é do bem!!!

domingo, 5 de julho de 2009

Entrevistando Geraldito [2]

Peter Fields diz:
*Olá pessoal, e aqui vai mais uam entrevista para desanimar seu domingo. O entrevistado do mês é o nosso caro Leonargo geraldo!. Olá Leonardo!

         Leo Geraldo         diz:
*O G de Geraldo é maisculo, por favor.

Peter Fields diz:
*Ehr.. me desculpe, geraldo. Mas vamos começar logo perguntando! Voltou pra ficar?
         Leo Geraldo         diz:
*Na verdade não. Em breve estarei ausente novamente, só que por pouco tempo.

Peter Fields diz:
*Explique-se! Ficou em prova final?!

         Leo Geraldo         diz:
*Graças a Deus e meus livros emprestados, não!
*Porem vou começar um tratamento anti alergico e mais um pra sinusite
*Não vou ter muito tempo eu acho
*Mas é só por uma semana

Peter Fields diz:
*E esse tratamento é internado?
         Leo Geraldo         diz:
*Não. Só preciso ir la, tomar uns remedinhos muito doidos, mas eles me deixam com sono ou indisposto, por isso não vou ter paciencia pra internet. Ha também minha saga em busca de estagio, será mais tempo ocupado

Peter Fields diz:
*Ahh, Compreendo. Pergunta que não quer calar: Passou em cálculo?

         Leo Geraldo         diz:
*PASSEI POOOOOORRRAAAAAA!!! CARALHOOOOOO!!!! CALCULO III JA FOI!!!! NOVO RECORDE!
*Perdoe a falta de educação, são as emoções

Peter Fields diz:
*"Hehe, são tantas emoções.." E o que esteve fazendo enquanto estava desconectado do mundo, zebra?

         Leo Geraldo         diz:
*Estudando Calculo e Fisica, fazendo exames medicos e e arrumando a casa

Peter Fields diz:
*E o que esteve fazendo de bom enquanto estava desconectado do mundo, elefante listrado?

         Leo Geraldo         diz:
*De bom? Bril

Peter Fields diz:
*Depois reclamam de mim. Enfim, e agora que você voltou, o que tá fazendo de bom na internet?

         Leo Geraldo         diz:
*De bom? Ba!
*E procurando estagio

Peter Fields diz:
*(Léo, nossa audiência não tá boa, quer terminar de fuder com ela? Pára com esses trocadilhos, já te falei que não são bons!) Vai na comemoração do aniversário da Gê?

         Leo Geraldo         diz:
*Não =(
Peter Fields diz:
*Por quê?

         Leo Geraldo         diz:
*Porque não fui convidado (Caralho, até tu e o Arthur vão!! Minha audiência ta ruim mesmo...)
Peter Fields disse (22:35):
*Tenho certeza que não foi porque você não estava presente no ambiente virtual.

Peter Fields disse (22:37):
*Ou porque você deixa as pessoas falando sozinhas.
*E como nosso geraldito ficou offline, vamos encerramos aqui mais uma entrevista =)

domingo, 21 de junho de 2009

Piadas Internas

Sempre tem aquela figura que você conheceu há pouco tempo, mas que conversa bastante.
Bem, a pessoa começa a se sentir a vontade e começa a falar como se tivesse com os amigos mais antigos dela.

Pô, legal, ela tá se sentindo à vontade.
Legal entre termos. Ela se sente tão à vontade que começa a usar as piadas internas de outro grupo:

- Tava morgadaço outro dia, mas não liguei e saí assim mesmo.
- Huahau tu é muito maçã mesmo...
- Muito o quê?
- Maçã, pô. Sai de qualquer jeito.
- Da onde surgiu isso?!?!
- HUahuua foi mal, piada interna.
- ...enfim... aí cheguei em casa 6h da manhã e tava ligadão já e nao queria dormir...
- Caraca! Aí Adrianou né!
-.. eu o quê?!
- Adrianou! Foi mal, outra piada interna!
- Ai me larguei na cama assim de bob...ai apaguei!
- Salamandra kkk!
- Porra é outra da tua turma?!
- Não, essa foi minha mesmo..
- Foi o cúmulo da piada interna né! Ficou só na tua cabeça!

terça-feira, 16 de junho de 2009

Propaganda é a alma do negocio

- Bom dia
- ...
- Qual o seu nome?
- Geraldo
- Mas... aquele garoto te chamou de Leo...ce ta mentindo pra mim, não acredito em você (rsrs)
- Problema é seu...
- ...
- ...
- Ok. Você mente?
- Minto
- Isso é verdade?
- O que, o lance da mentira?
- ... ta bom... deixa pra lá... Você bebe?
- Bebo
- Que tipo de bebida
- Água e seus derivados
- Eu me referia a bebidas alcoólicas
- Não
- Sim! Eu me referia sim!
- Eu to falando que não, não bebo.
- Ah! Perdão...
- ...
- Me diga algo que você goste de fazer
- Comer
- Agora me diga algo que você não gosta de fazer
- Responder questionários
- ...
- ...
- Casado?
- Não
- Viúvo?
- Não
- Então é solteiro?
- Acho que sim...
- Musica?
- Sim, por favor
- Não! Eu não to oferecendo, quero saber se gosta
- Sim, gosto.
- Toca?
- Não, ninho.
- Você se acha engraçado?
- Não, nem um pouco.
- É, eu também...
- Hum... deu pra ver
- O que?
- Que você não tem graça
- ... Não! Eu quis dizer que acho VOCÊ sem graça
- hum... Mas não perguntei o que você acha
- Ignorante
- Não
- Não foi uma pergunta
- Não
- Eu sei que não, só to dizendo que... ah! Deixa...
- ...
- Você usa os produtos WM Doc ?
- Não
- Você não os conhece? Temos uma linha completa de...
- Não
- Sim, eu sei que não, vou te apresentar os produtos, eles são...
- Não, eu disse não ao seu não porque sim, eu conheço, são uma porcaria por sinal, apenas não faço uso
- Porque você acha uma porcaria?
- Ta de sacanagem?
- Não!
- Mas quer né?!
- O que?
- Sacanagem
- Ah! Seu ... seu!
- Meu... minha... se repetir levo pra casa!
- ATREVIDO!
- OFERECIDA!
- IDIOTA!
- CHATA!
- Seu!...Seu!
- UHU! Vou levar!
- Ah! Mas não vai mesmo!
- Vou sim!Eu disse que se você dissesse que era meu mais uma vez eu ia levar! Agora já era! Vou levar! Vem pro papai!
- Você não vai me levar!
- Claro que não! Vou levar os produtos WM Doc, os únicos com garantia de 6 meses e vida útil de 4 anos! WM Doc, tecnologia para o seu conforto!

quarta-feira, 27 de maio de 2009

That's not fair

Sempre procurei ver os dois lados da história. Na verdade, todos os lados da história. Muitas vezes eu me dei mal, por considerar demais o outro lado, até mais do que o meu. Estou apredendo a balancear isso.

Na aula da titia Maricota aprendemos o quão filhos da puta são os governantes durante toda a história: povo na merda, povo agita, povo é assassinado. Obviamente, eu me pnha no lugar do pobre que só se fode e penso que nada justifica isso.

Hoje, porém, tive a oportunidade de experimentar o lado negro da força do governo. Explico.

Nosso técnico de segurança deu a mancada de prometer bebedouros extras em um prazo inexequível e, após esse prazo, reparei que tinham vandalizado o garrafão do bebedouro. Consertamos mas depois de 2 dias voltaram a quebrar não só o garrafão, com,o o resto do bebedouro. Ligamos os fatos e culpamos o téc. de segurança.
Marcamos uma reunião hoje com a peãozada pra explicar e tudo o mais. Claro que estavam todos aborrecidos, mas logo se conformaram. Todos, menos um.

Esse "um" devia ser o Tiradentes de tempo passados. Arrumou quizumba, discutiu, esperneou. Foi decidido aqui no escritório que este é o último dia dele na obra. Motivo? Ele é agitador.

Fico imaginando se ele é culpado. Nós prometemos bebedouro com água gelada pra eles(eles bebem água quente) e prometemos rapidez. Passou-se 1 mês e nada. ÓBVIO que ia gerar revolta! Eu ia instigar a fazer o mesmo, talvez pior! Claro, eu tentei negociar uma nova chance ao rapaz, mas sem sucesso.


Será que só eu que penso no lado dos outros? Ou será que pensam mas acham mais fácil ignorar?

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Tudo tem seu tempo, e tudo atrasa.

Toca o telefone:

- Alô
- Eaew bixona?!
- Fala viado...
- Porra mlk, minha obra ta atrasadona, acho que o bicho vai pegar aqui amanhã
- É? Porque?
- O chefe vem aqui, vamos propor mudança no cronograma
- Caralho, que merda... boa sorte aí...
- Valeu!

Outro dia. Telefone toca:

- Alô
- Fala bixona!
- E aew seu puto, como foi aí, o chefe ajudou?
- Porra nenhuma, disse que não quer nem saber. Tem que ficar pronto na data marcada, a obra vai funcionar até mais tarde
- Ih! Se fudeu! Hauhauha!
- Pois é...
- Bom, tomara que assim de certo né?!
- Não, vai dar certo sim, vai chegar reforço...
- Ah! Manero!
- Agora é só não dar mole... tamo com a corda no pescoço


Hoje pela manhã. O telefone toca:
- Mlk, minha obra pegou fogo!
- Hauahuhauahuhuahuahua!



Essa é mais uma historia real que sofreu algumas mudanças pra proteger a verdadeira identidade do Pedro e pra o papo ficar mais claro. Poderia acontecer com você, cuidado.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

A Pedidos [2]

A pedidos de nossa amiga em seu blog, lá vai:



1. Que horas você acordou hoje?
5:00 h

2.Diamantes ou pérolas?
Diamantes

3. Qual foi o último filme que viu no cinema?
The XMen Origens: Wolverine

4. O que normalmente come no café da manhã?
Leite com nescau e depois um café no trabalho.

5. Qual é o seu nome do meio?
Campos.

6. Qual comida você não gosta?
Berinjela.

7. No momento, qual é o seu CD preferido?
Raimundos - Só no Forevis

8. Que tipo de carro dirige?
Não tenho carro.

9. Sanduíche preferido?
Misto quente.

10. Que características despreza?
Falta de decência, falta de consideração e principalmente falta de inteligência.

11. Roupas preferidas?
Jeans e camisas com menções ao álcool.

12. Se pudesse ir pra qualquer lugar do mundo de férias, para onde você iria?
Fernando de Noronha.

13. Marca preferida?
Daspu (gargalho toda vez que eu ouço huahuahaa)

14. Onde gostaria de se aposentar?
Sei lá, ainda faltam 34 anos e 3 meses!

15. Qual foi o seu aniversário recente mais memorável?
Não tenho memórias marcantes :/

16. Esporte preferido pra assistir?
Vôlei Feminino! (uma delícia)

17. Quando é o seu aniversário?
06/12

18.Você é uma morning person ou uma night person?
Morning and night person

19. Quanto calça?
42/43 (Jesus!)

20. Animais de estimação?
Gostaria de ter um cachorro, mas daqueles que não cagam ou que usa a privada e dão descarga.

21. Alguma novidade que gostaria de compartilhar?
Sim, o Léo é gay. :/

22. O que você dizia que queria ser, quando criança?
Engenheiro Civil =)

23. Como você está hoje?
Estou com uma camisa vermelho claro (sim, vermelho claro), jeans azul e de tênis preto..

24. Qual é o seu doce preferido?
Doce de leite.

25. Qual é a sua flor preferida?
Não tenho preferências.

26. Por qual dia do calendário você está esperando ansiosamente?
16/05. O próximo fim de semana!

27. Qual é o seu nome completo?
Pedro Jerônimo Campos Ramos da Silva

28. O que você está escutando agora?
Toxic - A Static Lullaby

29. Qual foi a última coisa que você comeu?
Macarrão, arroz, feijão e carne assada.

30. Você faz pedido pra estrelas?
HUAHAUAHUAHAUAHAU

31. Se você fosse um lápis de cor, que cor seria?
HUAHAUAHAUAHAUAU

32. Como está o tempo agora?
Sol com algumas nuvens.

33. Última pessoa com quem você falou no telefone?
Chefinha.

34. Refrigerante preferido?
Pepsi.

35. Restaurante preferido?
Outback.

36. Qual era o seu brinquedo preferido quando criança?
Bola

37. Inverno ou verão?
Verão.

38. Beijos ou abraços?
Em uma cama de preferência.

39. Chocolate ou Baunilha?
Chocolate.

40. Café ou chá?
Cerveja.

41. O que tem debaixo da sua cama?
Um monstro que insiste em puxar meu pé à noite.

42. O que você fez na noite passada?
Durmi né.

43. Do que você tem medo?
De alguém próximo morrer.

44. Salgado ou doce?
os dois.

45. Quantas chaves tem no seu chaveiro?
5 (quem foi a mula retardada que invento essa pergunta?)

46. Há quanto tempo você está no seu atual emprego?
3 meses.

47. Dia preferido da semana?
Sábado.

48. Em quantos lugares você já morou?
Uma cidade. 6 casas.

49. Você faz amigos facilmente?
Se depender de mim eu sou um ermitão, mas depois que deu intimidade fudeu.

50. Gostaria que alguém respondesse esse questionário?
Sim, se possível eu gostaria que o Léo, o Arthur, Caio e Id Brain respondessem em seus repectivos blogs.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Nomes Nomes Nomes

Outro dia tava conversando no trabalho sobre nomes. Sim, nomes. De pessoas. A conversa acabou, mas como de praxe a minha mente ainda ficou filosofando sobre o assunto algumas horas.

Meu caro amigo (a) que pretende ter filhos, tenha muita atenção! O nome de seu filho pode traumátizá-lo ou ter uma imagem errônea!

Primeira dica: Não brinque com o nome da criança. Nomes como Paulicéia, Mirlan onde pessoal faz sopa de letrinhas e escolhe o nome não costumam sair legal.

Segunda dica: Não faça homenagens com o nome da criança. Allan Delon, Pablo Picasso... pelo amor de deus né... ridiculo.

Terceira dica: Não invente nomes. Caierson, Elço (sim, eu já vi "Elço") mostram de cara a origem humilde.

Quarta Dica: Use nomes atuais. Braulio, Eliseu, Austromeneu não são nomes de bebê!!

Quinta Dica: Faça como os Simpsons, ao escolher um nome procure ver se o mesmo rima com algo escroto. Exemplos: Duala (coala!), Jacinto (hummm.. já sente né!), Ademir ( e a de quinhentos?), Serafim (será fim de que??).. etc etc...



E deixo aqui uma enquetezinha básica... Qual vai ser o nome do seu filho (a)?! HUUUMMM?!

segunda-feira, 20 de abril de 2009

Isso aqui oô, é um pouquinho de Brasil iaiá

Segunda feira e nada pra fazer!


UHUUU!


Primo: Leo! Partiu futebol com o pessoal do clube?!


Leo: Ja é!!


Futebolzinho MUUUITO maneiro! Sem briga, sem escrotice, só futebol e zoação!



Eis que estou na de fora. O time do Robinho perde.


Robinho??


É!! Um elemento com as mesamas caracteristicas de Robson Caetano, imagine-o jogando futebol, logo, Robinho!



Robinho: Vai! Vai!


Leo: Tô livre!


Robinho chuta e perde o gol.


Nova jogada.


Robinho para Leo:


Vai pelo meio! pelo meio! Ei!! O pensador! Vai pelo meio!


Daí pro final do jogo Leo virou Gabriel, o pensador.



Robinho: O Gabriel ta livre!


Diego: Ó o Gabriel eí pelo meio!!! Marca ele!!!


Tatuagem: Ô irmaõ do Gabriel, marca o Gabriel aí!


E no final:


-Valeu Gabriel!


- Falô Gabriel, segunda volta aí!


- Valeu, valeu! Vo nessa, Valeu aí Gabriel!


Gabriel/Leo/Eu:


- Valeu, Valeu...



E foi assim que eu, que era Leo, virei Gabriel.





- Koeh Pedrow! Partiu lapa?!
- Craru!

Fila Do Circo Voador

- Oi, posso entrar aqui na fila com vocês?

Breve avaliação física da menina.

- Claro! Chega aí!

Início das apresentações

- Como é seu nome? Mariana?
- Quase.
- Juliana?
- Quase.
- Virou aquele funk isso?
- Luciana?
- Isso! E o de vocês?

- Meu nome começa com P.
- Paulo?
- Não.
- Oh é uma nome bíblico!
- Pablo?
- Caralhow! Tem Pablo na Biblia? hauhauauhauhauha
- huahuahuauhauhahu
- huauhahuahuahuhauhu
- huahau ah sei la.
- Agora tu é Pablo mlk! Nas nights vc vira Pablo.
- Sa parada!



E foi assim que eu, que era Pedro, virei Pablo.

sábado, 18 de abril de 2009

Drogas

Tava querendo falar sobre as drogas...



Só não sabia de que ponto de vista falar.. então resolvi falar de todos (que eu lembro).






Drogado.

- Po, cara. (Snif). É bonzao ta ligado mano (Snif), dá mo liberdade (snif) tu esquece teu pobrema sabe (snif). E eu posso parar a (snif) hora q eu quiser. Só que eu (snif) acho manero e nao vo parar. (Snif). Mas só pq eu n quero (snif). Pera 1 segundinho.
(Koeh mano aceita minha cueca ai! soh mais uma carreira pelo amor de deus!)







Traficante

- Porra mano, é que nois sempre teve vida dificl ta ligado mano? Nunca tivemo oportunidade na vida, ta ligado manu? Mas temo q sobrevive de algum jeito então eu vendo bagulho e loló ta ligadoo, manu? Mas se eu pudesse escolher eu n seria bandido nao manu.

Voz no fundo: koeh parcero as novinha tao lá de perna aberta te esperando! chega ai!

- Pora mano tenho q trabalah ai agiora. Temo q junta dinhero p familia manu e to fazendo ate hora extra. Vo lá parcero...





Policia

- Ah eu me amarro. Sem elas eu n quintuplicaria meu salario com o suborno, né?






Comerciante:

- Ah, cara. Eu to tentando um novo tipo de tráfico agora. Vamo esperar e ver se dá certo...











"Chapéééus, sapaáaatos ou seringas usadas quem teeeeeem"

quarta-feira, 15 de abril de 2009

Aé?!

- Vou sair, cara. Vou encher a cara!
- Sabe que isso não vai adiantar! Fica tranqüilo irmão, isso passa...
- Não passa!
- Como você sabe?! Deixa de ser cabeça dura, você nem sabe se é isso mesmo. Ela podia estar com uma amiga.
- Ninguém iria tratar uma amiga daquele jeito, eu ouvi tudo, ela ta me traindo cara!
- Ok, que seja, mas beber não vai adiantar, você vai acabar fazendo uma besteira!
- FODA-SE! É isso que eu quero!
- Ta, você que sabe... Depois não reclama...
- To indo...
- Vai de carro?
- VOU! Para de me encher! Parece minha mãe!
- Ok... ok ... Te mais...
- Até





- Perdão senhor, mas acho que já bebeu de mais.
- Quem sabe sou eu. Outra dose.
- Somente com pagamento adiantado.
- Toma, fica com o troco.
- Dose dupla?
- Exato! Vou beber até cair! Depois vou arrebentar aquela piranha!
- Desculpe a indiscrição, senhor, mas a que piranha o senhor esta se referindo?
- Aquela vaca que ta me chifrando! Minha namorada! A Mirela!
- Hum... Desculpe a curiosidade, senhor, mas o senhor tem uma foto dela aí?
- ... Pra que?
- Porque eu quero ver ué!
- Mas pra que você quer ver?
- Já disse, senhor, curiosidade.
- Hum... Toma, é essa de cabelo preso.
- Huuumm... Muito bonita...
- É, eu sei. Essa piranha é linda, mas vou acabar com ela.
- ...
- QUE ISSO CARA! ABAIXA ESSA ARMA!
- QUE ISSO SEU FILHO DA PUTA?! ISSO É O QUE TU VAI GANHAR POR FALAR ASSIM DA MINHA IRMÃ!
- Peraí?! Marquinho?!
- É! SEU BEBADO DE MERDA! Quando você entrou eu pensei: Cara, acho que é o Bob. Aí você sentou aqui na frente e eu reconheci na hora! Fingi que não te conhecia pra te zuar no final, aí tu começou a falar essas merdas... e agora tu vai morrer... simples né?
- Puta merta...

- LARGA A ARMA! Eu sou policial!

PA! PA! PA ! PA!

Tiroteio. Pessoas correm e se jogam no chão.

Bob corre.



Corre mais.



Agora esta bem longe do bar. Senta no meio fio e pensa: UFA! E dizem que a policia nunca esta perto quando precisamos dela, espero que aquele policial fique bem.

PROFT! CATAFROTPOFT!



- Boa noite.
- Boa noite.
- Funcionários da Supervia agridem covardemente passageiros no Rio de Janeiro
- Governo propõe novo salário mínimo de R$ 506,50
- Na Inglaterra, muita emoção em jogo de futebol. E ainda, no Rio de Janeiro um homem foi morto por uma viatura de policia desgovernada enquanto, sentado ao meio fio, se recuperava do susto de ter presenciado um tiroteio.

segunda-feira, 13 de abril de 2009

NA LATA!

- Vai vai ser reprovado assim muleque.

- Mermão, tu ta maluco?? Eu nunca fui reprovado em nada! Tu ja me viu sendo reprovado em alguma coisa tu?!

- Exame de vista.






NA LATA!






- Eu fiz meu livro me baseando no Romantismo puxando mais para o início mesmo, entende, como Gonçalves de Magalhães. Todos estão falando e eu acho que ficou bem igual a le escrevendo mesmo, não acha?

- Não, eu acho que fico uma merda.



NA LATA!










- Mãe, fui no barbeiro, cortei meu cabelo com esse penteado moderno e radical, pintei de vermelho. Também troquei o óculos fundo de garrafa por essa lente que é a mais sinistra, é fininha! Aí depois passei na Ecko, Zorba e na perfumaria mais cara do Rio. Aí depois passei na Tatoo's House e lancei essa tatoo dum tigre 3D e pintado com mais de 15 cores diferentese coloquei um piercing qu na sobrancelha! Voce acha que to bonito agora?!

- Não. Eu e seu pai n estávamos inspirados naquela noite mesmo.



NA LATA!







Agora é assim! Na lata brother!

sexta-feira, 10 de abril de 2009

Deu bobeira, pega mesmo...

- Viu a mulher que o Betão pegou na festa, muito gostosa!!
- Vi, mó cachorra, todo mundo já pegou...
- Eu não...
- Tu é mó buxão... E ele nem ta mas pagando ela a fila dela já andou...
- Ih, foda-se! Minha parada é a Mirela mesmo!
- Sabe que ela não ta sozinha né?!
- Nem... não sabia...
- Pois é... ela não ta
- Que merda, quem ela ta pegando??






- A Mina que o Betão pego na festa...


quarta-feira, 8 de abril de 2009

Bob tarda mas não falha!

Bob: Koeh desgracento! Beleza??
Anesicreido: Opa! Koeh bixona! Tranquilão?!
bob: Mais ou menos né! Fui demitido...
Anesicreido: Aé né!! Você trabalhava na Globo né! Huauauauhauha fazendo merda né filho da puta.
Bob: Pois é. Não se pode nem fazer uma suruba mais. daqui a pouco poligamia vai ser crime também.
Anesicreido: Huhuahauhauah. Porra, mas vê pelo lado bom: você não morreu de novo né.
Bob: Pois é rapaz, eu tava pensando nisso hoje e...

CRRRRRRRRRRRRAAAAAAAAAAAAAAAAAACCCCCCCCCCCCCCCCCK!!!!!!!!!!!!!!!

Jorge: Caralho o piano deslizou da minah janela! Foi mal aê!

terça-feira, 7 de abril de 2009

Para mais informações disque 8


Se a reclamação for deste numero disque 2
... (nenhum numero discado)

Disque o numero que precisa de reapro

... (nenhum numero discado)

Disque o numero que precisa de reapro

... (nenhum numero discado)

Disque o numero que precisa de reapro

... (nenhum numero discado)

tú tú tú...









Cara, tem que ter uma explicação e eu fui muito burro pra não entender, mas você com certeza é mais esperto, então me diz:

Se o cara é surdo como vai fazer suas reclamações pelo telefone??!

hum? comofaz??!

domingo, 5 de abril de 2009

Com pé e sem cabeça.

Bob começou a corre na calçada como se fosse pra salvar sua vida. Atravessou a rua feito um louco parando todo o trânsito.

- Ô, seu filho da puta! Quer morrer???

Nao tinha tempo para discutir. Alguem estava prestes a morrer. Corria entre as pessoas derrubando sacolas e crianças. Após três quarteirões de corrida ele já suava feito um porco, mas nao podia parar. Não podia.

Na altura da rua Joanópolis percebeu que estava sendo seguido por orientais. Vestiam roupas pretas e portavam pedaços de madeira e tchacos. Sentiu que suas pernas começavam a falhar e definitavamente não conseguiria correr os 29 quarteiroes restantes sem que os amarelos o alcançassem. Bob parou de repente e os encarou. Eram muitos. Uns vinte, por baixo.

- Querem dançar?

Um a um os gangsters da Tapanakara foram derrotados, pintando o cinza do asfalto com amarelo e preto.

- Vermes - disse Bob antes de voltar a correr - Preciso chegar a tempo. Não poderia me perdoar se fizessem isso com ela.

Mas percebia que havia algo errado enquanto corria. As ruas se esvaziaram e ia ficando cada vez mais escuro. E de repente as luzes das casas e postes se apagaram.

- AAAAAAAAAAI! Porra!
- Corta, corta! Que porra é essa? Isso não tá no scritp!
- Porra diretor, apertaram minha bunda aqui!
- Ta de sacanagem comigo? Só tem homem aí!
- Por isso que eu gritei "Porra" né!
- Ok! Quem foi que aperto da bunda dele?
- Fui eu diretor.
- Porque vc fez isso rapaz???
- Sei lá, achei que ia ser engraçado. Você sabe, quebrar a tensão do filme com uma piadinha.
- Porra! Mas isso aqui é "Duro de Matar CXXXVI"!! É pra ser tenso!
- Então, cara. Tava querendo mudar esse roteiro aí... O título também... CXXXVI é coisa pra cacete. Nem sei ler isso.
- Caralho! Tu é figurante!
- Tô falando como expectador cara. Tá uma merda... Mo bagulho de Jackie Chan essa poha de ganhar de 30 caras sozinho.
- Acho que você tem razão, fique com o papel principal. Vamos mudar o filme pra "Uma família muito louca"... você e´o pai... o Bob passa a ser a mãe... os orientais vão ser os filhos, menos um que vai ser o vizinho. Que tal?
- Legal! Só pega otro chinês aí pra ser o cachorrinho da casa.
- Ok!
- Aí!! Eu não quero ser a mãe!!
- Entao você vai ser o cachorro e eu vou ser a mãe.
- Opa, já é.
- Fechou então. Alguém mais tem sugestões?
- Po, diretor, podia ter mulheres no Cast. Só tem homem aqui. 56 homens gravando um filme soznhos não ta mto legal não....
- Boa! Aí, João! Chama 100 mulheres e compra 100 caiza de cerveja e 23 garrafas de Absolut!
- Ihiii! Já é!

Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
(tira o cu do meu dedo)
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
(vem q vem piranha!)
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
(é assim q tu gosta né puta!)
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!
Tuntz, tuntz, tuntz!


(Música tema do jornal nacional)

- Boa Noite
- Boa Noite
- Foram demitidos hoje cerca de 200 funcionários da Globo filmes. Policiais disseram que ouviram gemidos fortíssimos vindo do estúdio e resolveram tentar participar. Ao serem privados da festa, decidiram denunciá-los. Vamos entrevistar ao vivo um dos policiais.

- Willian Bonner: Boa noite. por favor conte-nos como foi que aconteceu o fato.
- Policial: Boa Noite, Will. Bom estávamos na ronda noturna e decidimos entrar nos estúdios como sempre fazemos.... os artistas deixam restos de drogas nos camarins e achei que talvez pudéssemos pegar e vender mais tarde, afinal temos família, né...e..
- Willian Bonner: Will é o cacete. Então você assume que ia lá pra traficar depois?
- Policial: Não sei pra que essa formalidade, will! Ontem de noite você insistiu pra te chamar assim!
- Willian Bonner: Ehr.. Do que você está falando, rapaz que eu nunca vi antes na vida?
- Fatima Bernardes: Entao foi por isso que voce saiu mais cedo de casa ontem?!
- Willian Bonner: Não Amor! Esse cara está tentando fazer fama falando merda!
- Expectadores: Ohhhhh! ele falou "merda" na TV!!
- Willian Bonner: Não falei merda porra nehhuma!
- Fatima Bernardes: Willian!!
- Policial: Nossa e eu que imaginei que ele só falasse baixaria na cama!
- Willian Bonner: Isso é mentira!
- Cameraman: Hauhauahaua esse é o melhor dia da minha vida.
- Marinho: Você tá demitido Bonner! Vai pra Record agora! Vou por o Galvão pra apresentar o jornal no seu lugar!!!
- Expectadores: Naaaaaaão!!!!
- Marinho: Ok, Ok! Ponho o Faustão!
- Expectadores: Naaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaão!!!
- O loko, Meu!!!!
- Cameraman: Agora esse virou o pior dia da minah vida.
- O loco!!!
- Willian Bonner: Falei pra você ficar quieto! Agora você acabou com meu emprego e meu casamento!!!
- Policial: Ora, você ta me enrolando faz 10 anos!
- Fátima Bernandes: Dez anos?!?!?!?!
- Marinho: Dez anos?! Will eu achei que era o único!
- Policial e Fátima: O QUE???
- Cameraman: Eu disse o pior?? É o melhor dia da minha vida!!!!
- Expectadores: Melhor que Big Brother!
- Policial: Eu te perdoô Will.
- Fátima Bernardes: Eu quero divórcio e 97% dos seus bens!
- Marinho: Voce continua demitido. Ei, quem é aquele cara q tá entrando aqui com uma faca???
- Cameraman: Caralho! ele deu uma facada na cabeça do Galvão!!! Caralho! Ele degolou o Faustão!! Acho que vo atingir o Nirvana!!!! AHUAHAUHAUAHAUAUAHAUAH!!!
- Pera! Mas esse cara é o.... AAAAAHHH!!

Sangue.

Mais sangue.


- Corta! Porra, cameraman, voce nao sabe se fingir de morto nao?!?!

quinta-feira, 2 de abril de 2009

Argentina é meu ovo esquerdo

Eu realmente acho ridículo essa pressão da mídia com a rivalidade Brasil x Argentina.
Até pq ela nem existe. Eles tentam fazer isso e infelizmente tao conseguindo.

Você sabia q argentino nem sabe disso? Se um não quer, dois nao brigam, a regra é clara.
Rivalidade é meu ovo.

Porém cabe destacar a marra inaceitável, inacreditável e "ingraçada" desses pobres diabos. A todo custo tentam ironizar nosso caro Pelé dizendo que aquele aspirador de pó é melhor. Pelo amor de Deus! O cara tinha o que? Meio metro? Passava entre as pernas dos jogadores e fazia o gol! Ele era aquele menorzinho café com leite das peladas na rua, na infância!

Bem, não podemos ver aqueles animais ridicularizarem nossa nação/seleção assim! Por isso acaab acontecendo aqueles fatos que estamos acostumados a ver:

- Copa América: Brasil empata no último minuto e vence nos penaltis. Nessa partida o Tevez ficava enrolando com a bola na marca do escanteio e cavando faltas. Pois bem, se fudeu.

- Copa das Confederações: Goleada de 4 x 1 na final! Ridicularizados no meio da Europa perante o mundo.

-Copa do Mundo: Temos o artilhero de todas as copas (que mesmo gordo vale por toda linha ofensiva da argentina) e somos os únicos pentacampeões mundiais!

Isso pra não mencionar que temos 2 jogadores com mais de 1000 gols (em breve serão tres!)
E como não gosto de pessoas gabolas nem vou comentar que seleçoes como Espanha, Portugal, Croácia, Japão e até a Bolívia tem jogadores de origem brasileira!

E temos, sei lá, uns 300mil jogadores brasileiros jogando fora do país embelezando o mundo com o futebol arte, enquanto argentina exporta, quando muito, 50 jogadores a cada século.

Desculpa, Gê, mas nem de longe esse time de várzea supera nosso Brasil! Mesmo com o Sunda no comando e com jogadores mercenários a gente dá mole pra vocês!







Quem diria que o anão chegaria até a copa né!

terça-feira, 31 de março de 2009

Memória, pára! Quem precisa?

Essa minha memória ta me matando.
Esqueço muitas coisas a curto e médio prazo, o que é um cu. É aquela memória básisa, sabe?

"Que dia foi a reunião? Quanto tempo que ta chuvendo direto? Esse MP3 é de quando?"
Mas isso tudo é moleza pq ainda consigo confirmar depois que me falam. O que realmente me aborrece é que to esquecendo coisas a longo prazo! To esquecendo a minha vida inteira pouco a pouco. Quem me garante que daqui a pouco eu não vou esquecer, sei lá, onde eu fiz meu primário? Não que seja importante a maldita escola do primário, mas sim as lembranças dela. Quem eu conheci, se eu já falava palavrão, se eu ja bagunçava a aula, se minha nota já era 10, esse tipo de coisa.

Vira e mexe vem um babacão cheio das memória e me lembra dum causo qualquer de 10 anos atrás. E às vezes eu não lembro nem vagamente! Fico lá com cara de cu tentando ter pelo menos idéia do que o cidadão tá falando, e nada!

Por exemplo:

- Oi, desculpa... Mas eu acho que há 25 anos atrás eu estudei com você no maternal... nao é isso?
- Ih, podes crer! João né! E como vai teu irmão Jonas?

Caralho! E eu lá vou saber com quem eu estudei no maternal?! E eu lá vo lembrar o nome e a cara do fdp?! Claro que não! Não sei nem dizer qual foi a minha turma da 8ª série!!! Lembro de uns 10 mal e mal!

Penso que devo ir ao médico ver isso, embora acho que ele vá me encaminhar pra psicanálise. Eu sou meio louco, não sei se vocês ja viram. E ele vai escarafunchar minha poble alma, relembrando momentos medíocres, deprimentes e sem sentido da minha vida, e isso nao vale a pena, como diria Rubem Braga.

Minha chefinha diz que isso é comum no nosso ramo, já que ficamos com trocentas coisas na cabeça, mas creio que isso valha pra memoria de médio e curto prazo apenas.


Eu realmente espero não ter perda de memoria recente, um dia.


E muito menos perda de memoria recente.

segunda-feira, 30 de março de 2009

Caml and breathing

Desculpem por todo esse tempo sem postar.

Mesmo saindo todo fim de semana pra fazer qualquer besteira e passar o resto da semana trabalhando, eu pensei bastante.

Mais do que isso, eu pensei pra caralho. Mais do que o normal. Com tudo o que aconteceu eu acho que cresci um pouco. Nada mais do que um centímetro mas por dentro creio que foi alguns metros.

Mas por mais que eu tente, não vou parar de fazer piadinhas estúpidas sobre tudo. Primeiro porque o Caio e a Georgia ainda riem. Segundo porque eh como respirar, apenas acontece.


Ah, e não ligue o foda-se e seja feliz, nem sempre dá certo. Pense em cada ato, mas não tanto. Leve a vida tranquila, mas não esqueça: não vendem vidas na feira de domingo.


E o principal de tudo. Não esqueçam que royal straight flush não é só um sonho. Às vezes é uma realidade.*
















*Isto foi uam metáfora, ok?

quarta-feira, 25 de março de 2009

Opinião é como mão...



Uns nem tem...

Outros tem uma só...

Há também aqueles (maioria) quem tem duas, mas que use uma muito mais que a outra...

Tem quem use pra ferir o próximo...

Tem que esconda pra ficar na moda...

Tem quem enfeite, só pra aparecer...

Alguns tem, mas é esquisita, torta e nem sempre é possível usar...

Outros perdem por desatenção...

Alguns usam pra fazer bem ao próximo...

Outros usam como meio de comunicação...

Há aqueles que são conhecidos pelo sua...

Tem também quem saiba onde colocar...

Tem quem coloque em qualquer lugar...

Algumas são importantes...

Outras são inúteis...

Tem quem ache que a sua pode mudar o mundo...

Tem quem só use a sua pro próprio prazer e diversão...

Em algumas falta alguma coisa...

Já em outras, tem coisas demais...

Enfim, opinião e mão podem te tirar do lugar, podem fazer, podem ter, ou podem simplesmente terminar na merda... afinal, tem quem limpe o cu com a mão, nem todas são respeitadas.

segunda-feira, 23 de março de 2009

Mais um dia normal no Rio de Janeiro

Quem não nasceu com estrela tem mais que se fuder mesmo.

E pelo jeito eu nao nasci com nenhuma, pq dps de 2 anos deu ter saído daquele inferno que era aquela favela, ainda sou perseguido por esses marginais.


No meio de uma palestra de segurança do diacho da obra e começa a sinfonia: "Tátátá táratatáááá".

- Foi tiro isso?
- Deve ser não. Aqui nao tem morro, pô. Mas continuando... vcs tem q usar o capacete, e...

"Tátátá táratatáááá"!!!

- Nao foi tiro o cacete ahuahauaha.
- Caralho, até por aqui... mas voltando...


.....


- To satisfeito, pede a conta aí.

"Tátátá táratatáááá"!!

- Eita, porra! De novo?
- Pertinho dessa vez em...

10 minutos depois, após sair do restaurante.

- ... e o cara passou aqui de moto e largo esse saco aki cheio de munição!
- Ih, olha o resultado do tiro, aí.

Passa um cara descalço correndo com roupas esfarrapadas.

- Haha, esse aí é suspeito em.
- Hhuahua é mesmo.
- Cara, acho q ele era bandido mesmo....

Uuuuuuuuuuuuoóóóóóó´!! UUUUuóóóóóo´!!!!

- CADÊ? CADÊ??
-FOI PRA LÁ, FOI PRA LÁ!

Carro indo na direção oposta.

- Porra, pra onde a zebra ta indo?!

Mais carros vindo e perguntando a mesma coisa.
Mais carros indo na direção oposta.

- Porra foram fazer o retorno na casa do caralho! Tao de sacanegem ne!! Que metesse a merda do carro na calçada!

5 minutos de caminhada com cara de assombro.

Mais confusão. mais carros de policia. Mais policiais armados totalmente perdidos.

Soubemos depois que conseguiram prender 11 e matar 1. Mas por 5 minutos não pegamos um bandido de escopeta andando pela calçada atirando pro alto.



I'm a Survivor. Again.

sexta-feira, 13 de março de 2009

Notificação

A Uísque Sem Gelo S/A informa o fim das relações diplomáticas entre o mesmo com os ditos blogs "os Contos da Vovó" e "Things I shouldn´t say...".

O rompimento é devido à falta de comprometimento de seus fundadores com às reuniões outrora denominadas "Poker Night" que, mesmo marcadas com antecedência (7 dias), são desmarcadas apenas a algumas horas antes de seu início.
Como o fato vem se repetindo periodicamente, foi realizada uma reunião de emergência na companhia, onde foi UNÂNIME a decisão tomada.


Atenciosamente,

Nós

domingo, 8 de março de 2009

Cartas

- Hum.. vou querer três...
- Aqui estão.
- Duas.
- E quero 1 só.
- Eu vou apostar..
- Pera, eu ainda não troquei. Vou trocar duas.
- Pode agora?
- Vai.
- Vou apostar duas aqui, ó.
- Hum.. pago suas duas e aumento três.
- Porra, você esqueceu o blind de novo.
- Ih, é. Pronto.
- Pera, tá em quanto já isso aí?
- Três dele mais dois dele. Cinco..
- Hum... Tô fora.
- E tu?
- Humm (encarando o outro jogador). Pago pra ver essa porra.
- E você?
- Foraaa.
- Eu ponho mais três pra acompanhá-lo.
- Mostra aí.
- Mostra tu, eu paguei pra ver.
- Ah, sim. Aqui. Dupla de sete e mais uma dupla de dama.
- Caralho... que pena... Só to com um trio de áses! Huaahuaha. E tu, desgraça?
- Me fudi. Só tenhu um flush. Huahauhauaha.
- Caralho, que filho da puta.
- Porra, e eu crente crente que minhas duplas ganhavam kkk.
- É, senhores. Vocês estão fazendo seu oponente muito feliz. Obrigado, senhores.
- HAUHAUAHA!
- HAUAHAU!
- AHUAHAUHAUA!
- Vamos lá, dealer! Dê as cartas!

sexta-feira, 6 de março de 2009

sapiens sapiens


O ser humano é muito gente fina mesmo... Somos muito! Muito! Melhor que os últimos habitantes desse planetinha aqui (os dinossauros)...

Só pra ter uma idéia do nosso poder, destruímos o dobro do planeta com muito menos tempo... acredita que em 40 mil anos destruímos mais ou menos a mesma coisa que os Dinos demoraram 180 milhões pra fazer!!
(Além de jogarmos futebol bem melhor!)

UHU!

Quem é que manda nessa porra! Heim?! Heim?!

Os caras eram bem maiores! Não eram racionais! E ainda por cima tinham ajuda de intempéries!


NEM ASSIM! NEM ASSIM!
HAUAHAHahauhaHUAuhaA!

E ainda dizem que o planeta ainda vai ter mais 4,5 bilhões de anos...

PORRA NENHUMA!!!

Vamos destruir essa porra toda antes! Só pra Natureza ver quem é que manda!

No jardim I:

Mamãe Natureza, faz meu pezinho de feijão crescer?

Na tese de doutorado:

Simples, só precisamos jogar todos essas detritos radioativos no mar!
E a Natureza?

Natureza??!

HAUAHAUHauhaauhauAhau!

FODA-SE a natureza!!!



(Se ser sincero é insuficiente, nos resta a sublime ironia)

quinta-feira, 5 de março de 2009

Analisando

O carnaval:

“Tem sua origem no entrudo português, onde, no passado, as pessoas jogavam uma nas outras, água, ovos e farinha. O entrudo acontecia num período anterior a quaresma e, portanto, tinha um significado ligado à liberdade”

Da historia só o que restou foi a palavra liberdade. Chegou o carnaval?! Ótimo! Vo beber até cair! Vou dar pra todo mundo! Vou falar um monte de merda! Vou comer todo mundo! E por aí vai...

Liberdade com consciência é igual a descoberta, prazer, desprendimento. Liberdade com álcool igual a sacanagem.

Logo o carnaval é...

Bagunça, incoerência, difersão e estado etílico critico

A mulher:

“Uma mulher (do
latim mulier) é um ser humano do sexo feminino. Esta atinge a fase adulta após percorrer a infância e a adolescência. Na infância, normalmente é denominada em português como menina e na adolescência como moça.”

O termo mulher é usado para indicar tanto distinções sexuais biológicas quanto distinções nos papéis sócio-culturais. E também pra nomear um ser que por natureza quer ser melhor que o outro. Quer a melhor roupa, a melhor unha, o melhor parceiro e blábláblá, tudo isso com o único objetivo de gerar inveja em outra mulher. A feminista não luta pela igualdade entre homens e mulheres, luta pela aniquilação do homem. Afinal, homens não servem de nada.
Ser conhecido por ser “complicado” mas que na verdade não é tanto assim, apenas se faz ser pra... Pra que??!

O homem:
“Um homem é um
ser humano do sexo masculino, animal bípede da família dos primatas pertencente à subespécie Homo sapiens sapiens. Menino é termo usual para uma criança humana do sexo masculino e os termos rapaz ou moço para um macho humano adolescente ou jovem adulto.”>
O termo homem também pode ser usado para definir um ser que tem cérebro e pode raciocinar, mas prefere seguir instinto. Acha que é soberano, não pede informação e sabe que a mulher é importante, afinal sexo com animais é nojento. O machista adora a mulher (contrario da feminista) porém, por não usar o cérebro constantemente, esquece que ela é um ser humano e teve ser tratada como tal. Este “esquecimento” se da pelo fato de a mulher (exceto as feministas) não dar valor ao cérebro do homem.

Dizem que o homem é um ser complicado, isso é uma inverdade, é simples definir:

Se usa o cérebro sempre: Solitário e problemático
Se não usa: Pegador
Se usa algumas poucas vezes: Corno
Se mescla entre usar e não usar: Casado, feliz e com um emprego estável, logo, sem graça.
E se uma mulher o acha perfeito: Gay

Conclusão:

Homem + Mulher = Carnaval

quarta-feira, 4 de março de 2009

Aí....

Achei um parafuso largado hoje na obra.

E como não tinha nada pra fazer (estava esperando o elevador que leva uns 15 minutos pra aparecer) comecei a me lembrar daquelas superstições bobas, como achar uma moeda de 1 centavo e guardar ela pq dá sorte. Fiquei imaginando se os parafusos atraíam sorte como a tal moeda.

Bill guardaria o parafuso e no dia seguinte ganharia na mega-sena.
Baiano ficaria sabendo e guardaria um também. No dia seguinte ele é escolhido para o BBB.
Genovevo ouviria tudo e contaria para todos os peões e todos guardariam seu parafuso.

No dia seguinte a construção civil pára por falta de mão de obra. Não que isso seja um problema pois estarão todos catando parafusos pelo chão.

Claro que minutos após estarão todos comprando parafusos. E no instante seguinte o parafuso custará cerca de 100 mil dependendo de seu tamanho.

Aí todos terão mais dinheiro até mesmo do que os políticos e começaria uma inflação brutal e medonha.

Aí fica como se fossem todos pobre igual antes.


Aí...

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Ressaca

Eu Bebo
Tu bebes
Ele entorna
Nós nos seguramos
Vós encheis a cara
Eles bebem mais




Eu caio
Tu se segura
Ele vomita
Nós desmaiamos
Vós caís
Eles levantam e pedem mais

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Carnaval

Nós, da Uísquesemgelo S/A, viemos informar a pausa no funcionamento da corporação por alguns dias.
Os funcionários entrarão em férias a partir de amanhã e durará até quarta-feira (25).

Qualquer post neste período poderá ter como causas:

1) Bêbado Postando como já vimos anteriormente em outro blog;

2) Algum funcionário fazendo hora extra;

3) Falta do que fazer.



Atenciosamente

Nós

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

E você?

Você.

Meia idade. Seu cônjuge morreu faz cerca de 5 anos.
Você tem uma criança linda que cria com todo cuidado, pois é a única família que lhe restou. Toda sua vida é baseada nela: suas decisões, seu emprego, sua rotina. Tudo.

Mas numa triste manhã de chuva em agosto você manda sua criança pra escola, mesmo contra a vontade dela, pois chove. Às 14h da tarde ligam pra sua casa dizendo que, infelizmente, ela tinha sofrido um acidente e que se encontrava no hospital da cidade.

Você, em prantos, corre para o hospital e ao chegar descobre que a criança já se encontra morta. Você não pode nem se despedir ou consolá-la.

No fim do dia, enqusnto você chora e pergunta se a vida vale realmente a pena, chega uma das pessoas a tentar resgatar a criança e diz: "No bolso dela encontramos apenas este chiclete..."



E você?


Guarda?