segunda-feira, 23 de março de 2009

Mais um dia normal no Rio de Janeiro

Quem não nasceu com estrela tem mais que se fuder mesmo.

E pelo jeito eu nao nasci com nenhuma, pq dps de 2 anos deu ter saído daquele inferno que era aquela favela, ainda sou perseguido por esses marginais.


No meio de uma palestra de segurança do diacho da obra e começa a sinfonia: "Tátátá táratatáááá".

- Foi tiro isso?
- Deve ser não. Aqui nao tem morro, pô. Mas continuando... vcs tem q usar o capacete, e...

"Tátátá táratatáááá"!!!

- Nao foi tiro o cacete ahuahauaha.
- Caralho, até por aqui... mas voltando...


.....


- To satisfeito, pede a conta aí.

"Tátátá táratatáááá"!!

- Eita, porra! De novo?
- Pertinho dessa vez em...

10 minutos depois, após sair do restaurante.

- ... e o cara passou aqui de moto e largo esse saco aki cheio de munição!
- Ih, olha o resultado do tiro, aí.

Passa um cara descalço correndo com roupas esfarrapadas.

- Haha, esse aí é suspeito em.
- Hhuahua é mesmo.
- Cara, acho q ele era bandido mesmo....

Uuuuuuuuuuuuoóóóóóó´!! UUUUuóóóóóo´!!!!

- CADÊ? CADÊ??
-FOI PRA LÁ, FOI PRA LÁ!

Carro indo na direção oposta.

- Porra, pra onde a zebra ta indo?!

Mais carros vindo e perguntando a mesma coisa.
Mais carros indo na direção oposta.

- Porra foram fazer o retorno na casa do caralho! Tao de sacanegem ne!! Que metesse a merda do carro na calçada!

5 minutos de caminhada com cara de assombro.

Mais confusão. mais carros de policia. Mais policiais armados totalmente perdidos.

Soubemos depois que conseguiram prender 11 e matar 1. Mas por 5 minutos não pegamos um bandido de escopeta andando pela calçada atirando pro alto.



I'm a Survivor. Again.

2 comentários:

Arth disse...

Droga...
Quero dizer..
Que dia agitado o seu...

Léo disse...

HAuahuahuahuahahuuuahuahuaha!


Se fode aí carioca!