terça-feira, 28 de julho de 2009

Manual para ser aceito

1- Não tenha vontade, pelo manos não tenha uma vontade que não queiram que você tenha.

2- Não importa o quão importante sua mãe diga que você é, na verdade você não é.
2 a- Algumas pessoas realmente te acham importante, mas essas são as pessoas que não tem a mínima graça, portanto, desista.

3- Para saber o que pensar olhe ao redor, escolha quem é mais admirado e pense igual, não importa se você não concorda.
3 a- Se ao redor ninguém for admirado é porque nenhum deles pensa, pense qualquer coisa e será copiado e aclamado como importante. (Até outro pensar no que você pensa melhor quer você, neste caso comece do zero)

4- Tenha um bom circulo de amigos. (se o seu não for suficiente, compre mais)


5- Escolha algo diferente e tome como característica, lembrando que pouco importa se você gosta de tal característica ou não. É importante que escolha algo que não foi escolhido antes. (Se doer, for ridículo ou cruel é melhor).

6- Abaixe a cabeça pra obter atenção até que tenha atenção suficiente para que abaixem a cabeça pra ter sua atenção (caso isso demore pra acontecer venda sua mãe ou semelhante, isso adianta o processo).

7- Encolha o rabo para obter admiração, caso não funcione prenda o rabo de alguém e desfrute de sua admiração forçada.

8- Você não é melhor, mas precisa agir como tal. Puxa sacos não sobem na vida.
9- Não precisa saber de tudo um pouco nem um pouco de tudo, só precisa fingir que sabe uma coisa que ninguém sabe (Se tal coisa não existir é melhor).

10- Tenha muito dinheiro e ignore tudo que foi escrito acima.




Este trabalho é resultado de pesquisas feitas por todo o planeta de 2005 ao final de 2008, especialistas contratos pelo Bebida Senhor S/A analisaram as informação e criaram este curto passo a passo. E lembre-se, porque eu já me esqueci.

3 comentários:

Pedro disse...

oh sim... maior operação de pesquisa após o Censo 2000.

alguns dados da pesquisa:

Foram entrevistados pouco mais de 4 bilhões de pessoas maiores de 6 anos em cerca de 180 países.

Foram gastos 456.937.317 rio cards e mais R$ 23.000.000,00 em transporte, alimentação e bolsa-ajuda dos funcionários.

Agradecemos o patrocínio do aclamado e também amigo pessoal, Bill Gates.

Léo disse...

Grande Bill...

clap! clap! clap!

Arth disse...

Então foi pra isso que foi o dinheiro do Bill...
Grande investimento...
Já tem encadernado? *-*