sábado, 13 de março de 2010

Estúpido....!

Ignorante

Acordou de mal-humor de novo. “Caralho, vai começar tudo outra vez. Tomar no cu!”, pensou. Vestiu-se quase dormindo e saiu pra trabalhar com uma camisa mal passada mesmo.

Viu o ônibus parado no ponto e correu para pegá-lo, ele passava cada 30 minutos apenas. Mas correu inutilmente. O motorista não esperou ele chegar até a porta e arrancou com violência.
Sentindo sua cara ficando vermelha de raiva, contentou a xingá-lo em voz baixa. Na ultima vez que jogara uma pedra um PM chamara sua atenção. Desde então o tal PM fica próximo ao ponto, só pra ver se ele vai jogar novamente.

E Carlos sabe que ele é a vítima preferida de Murphy, obvio que o próximo ônibus ia vir insuportavelmente, cheio.

Chegou ao trabalho bufando de raiva por conta deste inicio de dia. “Hoje vai ser um daqueles dias..!”, pensou. “Quem atravessar o meu caminho, vai tomar”.

- Uau, o que aconteceu hoje, Carlos, chegou atrasado de novo...

- Foda-se, secretária de merda.

- O QUE?!

- Caralho, parecia impossível, mas sua voz fica ainda mais irritante quando você grita.

Passou pela roleta deixando a secretária pra trás, boquiaberta.

- Fala ai, Carlinhos! Diz ai, tu viu o jogo ontem? Carlinhos! Ow, to falando contigo!

- Caralho, mas tu é chato hein, brother! Tu sabe que eu odeio futebol, e fica perguntando essa porra toda segunda-feira, PUTA QUIU PARIU!

- Que isso cara, aconteceu alguma coisa?

- Vai acontecer alguma coisa contigo se não parar de encher a porra do meu saco.


Sentou-se em sua cadeira e abriu o globo.com.

- Carlos! Cadê meu relatório? (Sua chefe)

- Daqui a pouco eu levo aí pra você, tô vendo jornal.

- Vendo jornal? Traz aqui pra mim pra eu ver agora! Que idéia.

- Porra, eu tenho cara de motoboy?! Se tu quiser ver essa merda de relatório, tu vem buscar porra! Tô vendo jornal!

- O QUE?!

- Parecia impossível mais tua voz consegue ser mais irritante do que a da secretária! É requisito básico ser incrivelmente chata pra trabalhar aqui?!

- CARLOS, VOCÊ ESTÁ MALUCO?! PERDEU O JUÍZO?!

- Eu perdi o jornal nacional, ontem e agora eu vou ver o jornal, porra!

- SAI DAQUI! VOCÊ TA DEMITIDO!

- Caralho, PÁRA DE GRITAR! Tô tentando ler as notícias ,sua gorda filha da puta!

- SEGURANÇA!!

- Humfr! Até aquela bola de gordura chegar aqui eu já li o globo.com inteiro.

Após ser expulso do prédio, tomou as ruas em direção ao ponto de ônibus. Viu um cara correndo em sua direção, mal vestido.
- Coé, parceiro, tem cigarro aí?
- Tenho cara de quem fuma, porra?
- Sei lá, eu..
- SEI LÁ O CARALHO, PORRA! VAI TRABALHAR PRA BANCAR TEU VICIO, DEGRAÇADO!
- Qual foi, mané, sou trabalhador...
- TRABALHADOR DE CU É ROLA! Sai vuado mermão.

Subiu no ônibus.
- Bom dia.
- Que que tem de bom?
- Ai, só queria ser gentil...
- Foda-se. Cala a boca e me dá meu troco.
- Qual é irmão, pára de arrumar quizumba no meu ônibus.
- Seu ônibus é o caralho, cala a boca e dirige. E tu! Já pegou meu troco?!

Chegando em casa, deparou com a esposa.

- Ué, já chegou em casa?!
- Não, eu to no trabalho. OBVIO QUE EU CHEGUEI!
- Nossa, tá irritado?
- UAU! Casei com a mulher mais esperta do rio de janeiro!
- Olha aqui seu estúpido, você não pode falar assim comigo!
- Tá bom, ta bom. Cala a boca e me traz uma cerveja.
- EU NÃO VOU PEGAR PORRA NENHUMA, SEU FILHO DA PUTA.
- PEGA LOGO LÁ, VAGABUNDA! ANTES QUE EU VIRE O BRUNO DO FLAMENGO E COMECE A TE BATER TAMBÉM!
- Eu te amo...
- Também te amo... agora pega aquela porra lá.
- Filho da puta...

Um comentário:

Léo disse...

O amor é lindo ou não é??!